14 de jun de 2012

Gênesis 1:1-31 - Criação do Universo e da Terra

 
 “No princípio criou Deus os céus e a Terra.” (Gênesis 1:1)

 Hoje comecei a leitura da bíblia. Mas o estudo que irei fazer será apronfundar cada capítulo da palavra de Deus. Analisar os versículos e entender o que Deus nos revela. Quero meditar e entender o que nosso querido Pai quer nos dizer. Hoje li o capítulo 1 de gênesis. Embora pareça tão simples, o primeiro versículo é a essência de toda palavra do Senhor. Podemos dizer que toda nossa fé e crença na bíblia vem da crença de que quando não existia nada físico, nenhum ser vivente, Deus criou tudo.Pode-se considerar o livro mais importante escrito. Ele nos relata a criação do céu e da terra, a origem humana e a queda do homem. Aqui teremos o fundamento de toda profecia sagrada. Todo cristão sabe que a medida que o homem rejeita a autoridade do livro de Gênesis, perde a base de toda verdade espiritual. O ser humano que perde essa referência não sabem de onde vêm e nem pra onde vão.
Analisamos no versículo 2 que a terra era vazia, não tinha formato, o Espírito de Deus se movia sobre as águas. Imaginou como era? Tudo sem forma, misturado, céu é terra eram um só. Até Deus criar o céu e a terra, dar o nome da luz de dia e trevas de noite. Expandiu às águas, secou parte das águas para criar a terra e assim produzir erva, a semente e árvore de cada espécie e fruto.
Deus cuidou de cada detalhe até a iluminação do céu que idenfica o findar do dia e início da noite, bem como o nascer do céu declarando o nascer de mais um dia. A bíblia nos mostra no versículo 16 as luminares criadas por Deus que chamamos de sol para iluminar o dia e a lua e as estrelas para iluminar a noite. Deus foi tão criterioso que enfeitou nosso céu, não deixando apenas uma luz pura ou uma escuridão sem fim. 
"Podemos admirar o céu em qualquer momento e ver a perfeição de Deus nos detalhes no brilho e na delicadeza que Ele enfeitou o céu e pelo grande amor pela sua criação."
No princípio criou Deus os céus e a terra.

E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

E disse Deus: Haja luz; e houve luz.

E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas.

E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas.

E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi.

E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi.

E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom.

E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi.

E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.

E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos.

E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi.

E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas.

E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra,

E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus.

E Deus criou as grandes baleias, e todo o réptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas espécies; e toda a ave de asas conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

E Deus os abençoou, dizendo: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei as águas nos mares; e as aves se multipliquem na terra.

E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie; gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie; e assim foi.

E fez Deus as feras da terra conforme a sua espécie, e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom.

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.

E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.

E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.

E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.
Gênesis 1:1-31
Deus não se conteve e continuou a criar seres viventes, animais aquáticos, aves para enfeitar o céu, espécies diversificadas. Ao ler gênesis 1 vemos que Deus criou seres viventes pra ocupar todo espaço criado por Ele, seja no céu e na terra.
Deus é santo em todos os atos no versículo 22 Ele abençoa os animais, as espécies e até as próximas gerações que irão nascer.
Já no versículo 26 Deus fez o homem, à imagem e semelhança DELE e lhes deu autoridade sobre todos os animais e sobre toda terra. Também abençoou para frutificar e encher a terra. Deus disponibilizou ao homem todo alimento o homem não precisava trabalhar apenas colher os frutos que ali dispunha. Deus estava feliz e cada dia de criação Ele se alegrava por saber o quão maravilhoso era o cenário que era feito por ELE. 

Cris Izi 
Segue abaixo algumas curisiodades do livro de gênesis escrito pelo Pr. Ron Crisp (fonte: www.palavraprudente.com.br):

I. O título
A palavra Gênesis significa origem. Gênesis, sem dúvida nenhuma, é o livro das origens. Em Gênesis nós temos a origem do universo, do nosso sistema solar, da vida, do homem, do pecado, do casamento, dos idiomas, da indústria, do governo, da religião e da nação de Israel.
Dez vezes no livro de Gênesis somos dados a história de várias gerações. A palavra "geração" basicamente significa origem, ou no contexto, o relato da origem.

II. O Autor
Moisés foi o autor dos primeiros cinco livros da Bíblia. Eles são chamados de Pentateuco. Os judeus geralmente se referem aos autores do Velho Testamento como "Moisés e os profetas" [Lucas 24:27 e 44].

III. O Berço da Doutrina Bíblica
Toda doutrina bíblica tem seu fundamento no livro de Gênesis. Este livro é mencionado mais de duzentas vezes no Novo Testamento. Sem o livro de Gênesis seria impossível entendermos a Bíblia.
Em alguns aspectos a Bíblia é estruturada como um romance complexo:
A. Como no primeiro capítulo de um romance, Gênesis abre a história e nos dá toda a base necessária de informação.
B. De Êxodo até Judas os detalhes são expandidos e a história é contada.
C. O livro de Apocalipse, como no final de um romance, termina a história e liga todos os fatos que estavam em aberto. (Tem se notado freqüentemente, que em muitos aspectos o livro de Apocalipse termina com um novo começo. Gênesis começa com a criação dos céus e da terra, enquanto o livro de Apocalipse termina com um novo céu e uma nova terra).
IV. Gênesis Como Uma Revelação.
Três coisas podem ser ditas a respeito de Gênesis como uma revelação de Deus:
A. É uma grande revelação - Gênesis revela o que o homem nunca poderia aprender por ele mesmo [Jó 38:1-6]. Gênesis é o único livro da história da criação e dos primeiros dois mil e quinhentos anos da existência humana.
B. É parte de uma revelação progressiva - O restante da Bíblia completa o que Gênesis começa. Gênesis faz a primeira promessa da redenção, e termina com a aparente vitória do pecado [Gênesis 50:26].
Exemplo: Gênesis 3:15 - Nesta primeira promessa evangélica, temos as sementes de toda a história da redenção. O restante da Bíblia é realmente uma exposição deste versículo.
C. É uma revelação da história da salvação - Note que em Gênesis há somente dois capítulos descrevendo a história do universo, e apenas nove capítulos relatando a história das nações. O livro é constantemente estreito em seu escopo. Trinta e nove capítulos tratam da história de Abraão, Isaque e Jacó. O livro termina com os filhos de Jacó no Egito. Estes homens eram os "Pais" das tribos de Israel. No Egito eles se tornaram uma grande nação. É claro que o livro de Gênesis nos conduz a pessoa de Cristo. Esta não é apenas uma mera história da humanidade, mas o plano de salvação de Deus na história.

Conclusão
Que nosso estudo no livro de Gênesis possa nos ajudar a perceber uma vez mais a unidade da Bíblia. Os sessenta e seis livros da Escritura formam um único livro cujo tema é Jesus Cristo [João 5:39].

Autor: Pastor Ron Crisp
Tradução: Pastor Eduardo Alves Cadete 2001
Revisão : Joy Ellaina Gardner 2001
Verificação: Pastor Calvin Gardner 2002
Fonte: www.palavraprudente.com.br 


Um comentário:

liliane de jesus disse...

muito bom amei seu blog, seu estudo sobre a criaçao.bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...