13 de jun de 2012

Dica de hoje: Musculação

 Bom dia amigos!
Hoje voltei para musculação. Não quero ganhar massa, nem ficar musculosa, mas quero ter uma pele firme e pra isso preciso puxar ferro. Estou conciliando aeróbicos com a musculação pra que emagreça e esteja com a musculatura fortalecida. Vou postar por aqui os treinos e as atividades aeróbicas no diário de emagrecimento. Segue abaixo uma reportagem bem legal que encontrei num site de saúde, postada por um especialista.

Se você quer eliminar as gordurinhas e ficar com um corpo durinho e bonito, com certeza tem que ter muita perseverança, determinação e dedicação.Emagrecer significa perder massa gordurosa.
Essa perda de gordura pode ocorrer sem que você perca peso na balança. Aliás, emagrecer saudavelmente resulta em perder gordura e aumentar a massa muscular, fazendo com que você mude a sua composição corporal. Siga algumas dicas e verá o resultado:

1. Combine exercícios aeróbios (caminhar, pedalar, nadar, correr...), musculação e alongamentos. Esta é, sem dúvida, a melhor fórmula para quem quer emagrecer e ficar sarado.
Você tem que se preocupar em tornar os seus músculos, ossos, tendões e ligamentos fortes e flexíveis, fazendo musculação e alongamentos e melhorar o seu condicionamento cardio respiratório com as atividades aeróbias e também com a musculação.
Além disso, ambas as atividades reduzem o risco de doenças como Hipertensão, Diabetes, Osteoporose e ajudam a eliminar as gordurinhas extras (as atividades aeróbias a mais curto prazo e a musculação num prazo mais longo). Até pouco tempo as atividades aeróbias eram as mais indicadas na perda de gordura, hoje isto vem mudando, primeiro porque você não irá querer emagrecer e ficar flácida e fraca, depois, porque estudos recentes comprovam que a musculação acelera o metabolismo do seu praticante, favorecendo a queima de gordura pelo organismo.

2. A avaliação é indispensável
Faça uma avaliação antes de iniciar qualquer programa de atividades físicas, para conhecer o seu nível de condicionamento e assim trabalhar com segurança e eficiência.
 3. Dedique-se
Você terá que priorizar. Insista e treine pra valer! Faça exercícios de cinco a seis vezes por semana, dividindo os exercícios de acordo com os seus objetivos e tempo disponível.

4. Tenha paciência
Cada organismo responde de uma forma aos exercícios físicos. Uns respondem rápido, outros demoram mais tempo, mas sempre a resposta é boa. Pessoas que fazem exercícios regularmente são mais saudáveis, bonitas, bem-humoradas, ativas, jovens, atraentes. Além de conseguir manter o peso ideal de acordo com o biotipo que possui.
Não espere grandes resultados em 1 mês. Na verdade o aumento da massa muscular e a diminuição da gordura ocorrem a partir do primeiro dia de treino, mas os resultados estéticos só aparecem depois do segundo ou terceiro mês, dependendo do biotipo, condicionamento e histórico esportivo da pessoa.

5. Varie o treino
A rotina dos exercícios deverá ser mudada, quando houver necessidade, pois o corpo humano se adapta rapidamente aos novos estímulos e só se modifica quando é obrigado. Por isso é importante ter o acompanhamento de um instrutor.

6. O repouso é importante
Respeite o repouso, para evitar lesões e ter os resultados que espera.

7. Durma bem
Dormir cerca de oito horas é fundamental para repor as energias, fazendo com que você tenha um bom rendimento nos treinos.

8. Faça dieta alimentar balanceada
Consulte uma nutricionista, pois você tem que saber se alimentar adequadamente, dividindo as refeições de acordo com a sua necessidade. Comer várias vezes ao dia (de cinco a seis vezes por dia) em pequena quantidade estimula o metabolismo a gastar mais energia, acelerando-o e facilitando a perda de gordura.

9. Hidrate-se
Na hora de praticar exercícios físicos é muito importante a hidratação adequada ao tipo e duração do exercício. A capacidade física diminui com a desidratação, porque ao colocar os músculos em movimento, são ativados mecanismos para a produção de energia celular, usada na contração destes músculos. Uma parte desta energia é perdida na forma de calor ou transpiração, para refrigerar o organismo (controlando a temperatura do corpo). Uma perda líquida de 3% (2,1 kg em uma pessoa de 70 kg) diminui a resistência física e a eficácia da contração muscular, com queda significante da performance. Estas perdas podem provocar dores de cabeça, vômitos, tontura, câimbras etc. A desidratação pode levar até a morte.

Por: Valéria Alvin Igayara de Souza
CREF 7075/ GSP - Especialista em treinamento. 
Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br/voce-quer-emagrecer-e-ganhar-um-corpaco-3-1-2-290.html

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...