12 de nov de 2010

30 e poucos anos...

Os 30 assustam!
E como assustam!
É quase um atestado dizendo: agora não tem jeito, vai ter que crescer. Virou mulher.
Até 30 anos a gente vai emitindo promissórias, a partir daí, é hora de começar a pagá-las. Mas também se poderia dizer: até essa idade fez-se o aprendizado básico. Cumpriu-se o longo ciclo escolar, que parecia interminável, já se foi do primário ao doutorado. A profissão já deve ter sido escolhida. Já se teve a primeira mesa de trabalho, escritório ou negócio. Já se casou a primeira vez, já se teve o primeiro filho. A vida já se inaugurou em fraldas, fotos, festas, viagens, todo tipo de viagens...
30 anos é passar da reta à curva. Fazer 30 anos é passar da quantidade à qualidade. Fazer 30 anos é passar do espaço ao tempo. É quando se operam maravilhas como a um cego em Jericó.Fazer 30 anos é mais do que chegar ao primeiro grande patamar. É mais que poder olhar pra trás. Chegar aos 30 é hora de se abismar. Por isto é necessário ter asas, e sobre o abismo voar.




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...